esmo com a mudança nas regras de financiamento da Caixa Econômica Federal, o mercado imobiliário está aquecido. Em uma imobiliária de São Carlos (SP), a venda de imóveis usados aumentou até 40%.

Quem trabalha no mercado imobiliário, comemora a retomada do setor. O último levantamento do Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci) mostra que em julho as vendas de imóveis usados aumentaram quase 27% no Estado de São Paulo.

 Wenderçon Stubé, delegado regional do Creci (Foto: Reginaldo dos Santos/EPTV)

Wenderçon Stubé, delegado regional do Creci (Foto: Reginaldo dos Santos/EPTV)

Pesquisa

Este é o melhor resultado do ano até agora. A pesquisa foi feita comparando os dados de junho e julho. “Tudo em função da economia, não ter inflação, não ter um custo de vida paralisado. Automaticamente o pessoal acha uma segurança em investir em imóveis. Muitas vezes os donos aceitam uma oferta um pouco menor”, disse Wenderçon Stubé, delegado regional do Creci.

O pesquisador em física Francesco Brugnera acabou de comprar um apartamento e se prepara para mudar no mês que vem. Para ele, valia mais a pena do que continuar no aluguel. Antes de assinar contrato, pesquisou bastante e achou mais negócio comprar um usado. “Alguns, mesmo com a metragem maior, tinham mesmo valor de apartamentos novos com metragem bem menor”, disse.

Francesco Brugnera optou por comprar um imóvel usado (Foto: Reginaldo dos Santos/EPTV)

Francesco Brugnera optou por comprar um imóvel usado (Foto: Reginaldo dos Santos/EPTV)

Crescimento

Em uma das imobiliárias de São Carlos, as vendas de imóveis usados cresceram 40% nos últimos quatro meses. “Eles estão vendo que os índices econômicos estão melhorando apesar da crise política. Isso acaba dando mais segurança ao comprador assumir vários anos de financiamento”, disse o proprietário Ítalo Cardinali Filho.

Mesmo com a mudança nas regras do financiamento da Caixa para imóveis usados, agora só dá para financiar metade do valor, o dono da imobiliária acredita que mais crescimento vem por aí.

“Tem vários outros bancos fazendo ao contrário, aumentando e sendo mais agressivo ainda. Então eu não acredito que haja queda de imóveis financiados porque apenas uma instituição financeira alterou os percentuais. Então as outras continuam financiando 80%. Acredito que isso não vá atingir o mercado”, disse Cardinali Filho.

Dono de imobiliária acredita em mais crescimento do setor  (Foto: Reginaldo dos Santos/EPTV)

Dono de imobiliária acredita em mais crescimento do setor (Foto: Reginaldo dos Santos/EPTV)

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>